Home » Uncategorized » 10 Coisas que eu diria a novos usuários Lightroom

10 Coisas que eu diria a novos usuários Lightroom

1- Uso Individual  Solo Mode.
Os Novos usuários podem ficar afobados, deslocando-se para cima e para baixo a lista dos painéis abertos no Lightroom, razão pela qual você deve ativar o “Solo Mode.” Dessa forma, você só verá o que está trabalhando. Isto não apenas poupa tempo, mas acaba com a desordem, e torna mais fácil focar apenas no que você está trabalhando. Para mudar, pressionane a tecla Ctrl (PC: com o botão direito do mouse) sobre o título de um painel e escolha “Solo Mode”  no menu pop-up que aparece.

2- Utilize Coleções em vez de pastas
As pastas são onde as fotos reais e fisicamente estão armazenadas no seu computador. Suas fotos boas e fotos ruins , uma vez importadas, a maioria de nós realmente nos preocupamos com o que realmente são fotos boas, e é por isso que foram inventadas as Collections.  Matt e eu sempre brincamos que… “As pastas são onde nós vamos quando queremos ver as fotos ruins”

3- Guarde todas as suas fotos dentro de uma pasta principal
A chave não é importar todas as fotos espalhadas em seu computador. Escolha uma pasta principal (como a pasta Imagens em um Mac, ou a sua pasta Minhas imagens em um PC com Windows), e coloque todas as suas fotos dentro do diretório. Em seguida, importe-as para o Lightroom.  Além disso, este porcesso já poderá fazer o backup de sua biblioteca de imagens. Toda vez que eu me deparo com alguém que diz que a  vida com Lightroom é uma bagunça, é porque não seguiu essa regra simples. Além disso, se você está trabalhando em um laptop, é totalmente aconselhavel  armazenar suas fotos em uma unidade externa.

4- Use cada vez mais o Lightroom
Eu faço agora cerca de 80% do meu trabalho no Lightroom, em si, só vou para o Photoshop no caso de uma emergência, ou para fazer algo que o Lightroom só, não pode fazer (como a colagem de imagens com camadas ou usando a ferramenta Pen, aplicando determinados filtros, etc). Você pode fazer uma quantidade surpreendente de seu trabalho diário dentro do Lightroom Develop Module (especialmente depois da adição Adjustment Brush e  da Graduated filter). Portanto, tome o tempo para aprender essas ferramentas, e você terá velocidade em seu fluxo de trabalho, de uma maneira que você não poderia imaginar, fique no Lightroom, tanto quanto possível.

5- Criar Presets e Templates, sempre que possível
A chave para trabalhar de forma eficiente no Lightroom é fazer presets e templates para as coisas que você faz repeditamente. Se  está fazendo uma edição especial, repetidas vezes, use um preset, que resolverá parte do seu “problema” em praticamente um clique. Tem um layout de impressão que você usa muito frequentemente? Salve-o como um template. Uma vez que você começa a fazer presets e templates, a sua eficiência irá melhorar muito.

6- Como salvar sua imagem como um JPEG
Não é totalmente claro como fazê-lo, porque não há “Salvar Como” ou mesmo “Salvar”  no menu File, no lugar, você encontrará quatro comandos de exportação diferentes, mas nenhum deles tem algo como “Exportar como JPEG”.  No entanto, você pode simplesmente escolher “Export”, abrirá uma caixa de diálogo onde  terá a opção exportar  imagem(ns) selecionada(s) como JPEG, entre outras opções.

7- Desligue Auto Show dos painéis
Tecle Ctrl (PC: botão direito do mouse) sobre as setas  de cada painel. Um menu pop-up aparecerá – basta selecionar “Manual” e agora os painéis só serão abertos quando você clicar sobre as setas (ou, pressionar o atalho,  [F5 para mostrar / ocultar o painel de navegação superior. F6 para a película de filme na parte inferior. F7 para os painéis laterais esquerdo e F8 para os painéis do lado direito], ou se você pressionar a tecla Tab irá ocultar todos os painéis).

8- Jogue fora seus velhos backups
Se você faz backup de seus catálogos regularmente (uma vez por dia ou por semana) em algum momento você vai ter um monte de backups armazenados em seu computador. Depois de um tempo, isto irá ocupar um monte de espaço no seu disco rígido, então vá para a pasta de backup e delete os com mais de uma semana.

9- Ter vários Catálogos
Você não tem que manter tudo em apenas um catálogo – você pode criar quantos catálogos você quiser (e talvez você queira criar vários catálogos caso tenha  mais de 40.000 ou 50.000 imagens). Por exemplo, eu tenho catálogos separados para retratos, fotos de família, para fotos de viagens, para fotos de esportes, para casamentos, e assim por diante. Eu sei que alguns fotógrafos de casamento criam um novo catálogo  para cada casamento. Para criar um novo catálogo vazio é fácil, basta ir no menu File e escolha New Catalog (não se preocupe, isso não apaga o seu catálogo antigo ele só salva e fecha-o). Para abrir um de seus catálogos previamente aberto, basta ir no menu File e escolha Lightroom Open Recent.

10- Pergunte a si mesmo se você precisa de muitas palavras-chave ou não

Estávamos todos originalmente ensinados a investir uma quantidade razoável de tempo a adicionar palavras-chave global e termos específicos (pesquisa) para todas as fotos que importamos. Se você está vendendo banco, esta é uma necessidade absoluta, e se você tiver uma base de clientes que podem te chamar e perguntar: “Mande-me todas as suas fotos do carro vermelho, e elas precisam de ser todas de orientação vertical, e eu só preciso de uma, onde você pode ver o motorista, e o motorista tem que ser do sexo feminino “, então você vai querer trabalhar com  palavra-chave como um profissional. No entanto, se você está apenas preocupado em localizar fotos de suas férias em Paris no ano passado, talvez você não precisa passar por todas suas fotos e atribuir palavras-chave. Faça a si mesmo esta pergunta: Quando foi a última vez que  não consegui encontrar as fotos que precisava apenas indo para o meu painel Collections? Se você não está tendo problemas para obter rapidamente as fotos que você precisa em apenas alguns segundos, você pode ser capaz de ignorar todas as coisas relacionadas a palavras-chave. Eu não estou dizendo que você não deva usar palavra-chave, estou apenas pedindo-lhe para considerar se você precisa realmente adicionar um monte delas ou não, porque a maioria dos usuários provavelmente não precisa de muitas (ou nenhuma).

Espero que tenham gostado.
Texto original em inglês do brilhante  Scott Kelby


Tags :
Artigo anterior
Próximo artigo

Sobre Ligfhtroom Brasil

9 Comentários

  1. Muito bom…é justamente isso que eu estou fazendo, organizando as fotos, jogando fora o que nao é mais necessário e cair de cabeça no Lr…o workflow é indispensavel nos dias atuais, pois o mundo está mais rápido e menor devido há tanta tecnologia. As dicas são muito boas…

  2. A minha maior dificuldade é ter que exportar sempre uma foto que faço edição, deixando a original na pasta original e a editada em outra pasta. Tirando isso, o resto é uma maravilha. =)

  3. Muito bom, gostei dessa dica de todas as fotos em uma pasta.

  4. Gostaria de saber se tem algum turorial de como colocar molduras em fotos usando o lightroom

  5. Adoro suas postagens, são excelentes.

  6. saudade mano
    parabéns!!!
    o LR 4 o developer está mais simples (O acr 7 TAMBÉM)
    trocaram o Fill e o Recovery
    por Sahadow
    e
    Highlight do PS :)
    uma coisa que eu tinha pedido há muito tempo ao John Nack (PRODUCT mANAGER) da ADOBE

    ABRAÇÃO

  7. Olá
    Adoro usar o lightroom !
    Mas de ontem para hoje estou com um problema e não encontro a saída !
    Procurei na internet e caí aqui .
    Teria como me ajudar?
    O que acontece é que edito as fotos e quando exporto percebo que as alterações nao vão para a pasta! Principalmente a redução de ruído !
    Vc sabe o que pode estar acontecendo?
    Ficaria muito grata se me desse uma ajudinha!
    RITA

    • O problema da rita é o mesmo que o meuuu!!

      Adoro usar o lightroom !
      Mas de ontem para hoje estou com um problema e não encontro a saída !
      Procurei na internet e caí aqui .
      Teria como me ajudar?
      O que acontece é que edito as fotos e quando exporto percebo que as alterações nao vão para a pasta! Principalmente a redução de ruído !
      Vc sabe o que pode estar acontecendo?
      Ficaria muito grata se me desse uma ajudinha!
      RITA

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Topo