Home » ARTIGOS » Dicas, Técnicas & Tutoriais » Exportando com Lightroom

Exportando com Lightroom

Olá a todos vocês freqüentadores assíduos do LightroomBrasil. É com muito prazer que hoje começo a escrever minha primeira coluna para o site que, por muito tempo,  tem sido minha fonte “secreta” de presets fantásticos e meu alvo de diversas visitas anônimas  atrás de dicas e novidades sobre LR.

Porém, mal eu podia esperar, que em um dia qualquer tuitando sobre fotografia, o Robson Martins me convidaria para ter uma coluna em um dos sites que eu mais freqüentava.

Para começar, entretanto, eu não poderia deixar de antes declarar a minha grande paixão por este programa que revolucionou a vida do fotógrafo e do manipulador da imagem digital. Graças a sua fórmula genial que une um amontoado de ferramentas poderosas de transformações de imagem,  o Lightroom resgatou as funções do laboratório químico em um só programa expandindo ainda mais as possibilidade de tratamento da imagem em formato RAW.

Confesso que não sou a maior exploradora do ambiente do catálogo do Lightroom já que costumo mudar  manualmente meus arquivos de lugar dentro do computador deixando o meu LR bem louco tentando organizar minha vida. Porém  o que realmente me conquistou é a aba de Revelação que ele oferece.

Não que o Photoshop já não tivesse incluído diversas ferramentas de tratamento do Raw, entretanto o que o Lightroom fez foi aperfeiçoar a plataforma de tratamento, excluindo funções muitas vezes desnecessárias para o fotógrafo, deixando o programa mais leve e prático.

Além disso o Lightroom inclui a possibilidade de salvar suas configurações de tratamento em presets, que o usuário pode reutilizar em diversas outras imagens no futuro, opção esta que Photoshop não possui em se tratando da aba de tratamento em RAW.

Mas é claro que a grande maioria já deve saber sobre tudo isso. E pra não passar minha primeira coluna sem trazer dicas legais sobre o programa, vou falar  sobre uma das funções mais práticas e  que mais facilitou a minha vida, no que se refere a conversão de um grande pacote de imagens do RAW para JPEG.

EXPORTANDO COM LIGHTROOM

Uma ferramenta muito interessante que o Lightroom oferece é a janela de exportação da imagens.

Para acessar essa janela você pode clicar com o botão direito em cima da imagem, ou de várias imagens, selecionadas tanto no campo da Biblioteca quando no campo da Revelação e clicar em exportar. O caminho também pode ser feito através de Arquivo>Exportar, ou simplesmente pelo atalho Command (ou Control)+Shift+E.

Logo em seguida abre-se a Janela com varias opção para configuração da sua exportação. E aí que esta o lance.

Inicialmente se define o local da exportação. Onde você pode escolher ou criar uma pasta para destinar suas novas imagens. Usualmente coloco na mesma pasta original, com o nome JPEG ou JPEG_BAIXA.

Essa janela também oferece a interessante opção de renomear seus arquivos automaticamente, dando a possibilidade de personalizar ainda mais suas fotos. Você pode colocar as iniciais do seu nome e o numero de seqüência original do arquivo ou ainda criar uma nova seqüência a partir de um numero que você escolha.

Em seguida, você pode definir o formato do arquivo: JPEG, TIFF, PSD, DNG ou Original. Além de oferecer definições de qualidade de imagem, até mesmo limitando o tamanho do arquivo em Kbytes, algo bem prático pra quem precisa upar imagens na internet com tamanho de arquivo máximo definido.

Mas o que mais me chamou a atenção nessa ferramenta do LR foi a parte de redimensionamento de imagem. Foi aí que percebi que o programa é capaz de realmente compreender as reais necessidades de um fotografo.

Nessa sessão você pode definir o tamanho das imagens através apenas da aresta longa por exemplo. E conseqüentemente ele vai redimensionar a foto definindo automaticamente o tamanho da aresta curta. O que é muito interessante quando se deseja definir tamanhos para web, onde a largura reservada para as suas imagens tende a ser sempre a mesma enquanto que a altura é independente, como é comum em blogs que tem barra de rolagem na vertical.

Com isso acaba aquela chatisse de selecionar no Bridge so as imagens verticais e depois só as imagens horizontais para aplicar um processo de redimensionamento em massa.

Além disso, a Exportação por LR também tem outra funções como definir a nitidez da imagem para diferentes tipos de impressão, a incorporação de metadados, inserção automática de marca d’àgua e ainda abrir automaticamente a imagem em outro aplicativo, como Photoshop para concluir o processamento.

Demais não é?

Texto cedido gentilmente por Nina Vilas Boas

25 comments

  1. Parabéns pelo primeiro artigo! Sorte!
    Sou iniciante no Lightroom e justamente essa era uma das minhas dúvidas, que foram bem esclarecidas.
    Obrigada. :)

  2. Parabéns pelo artigo, não pare por aí.

  3. Parabéns, Nina! Já começou dando uma ótima contribuição e eu te faço uma pergunta: em quais versões do Lightroom essa marca d’água pode ser adicionada?

    Abração e boa sorte na empreitada!

  4. Parabéns Nina!
    Com certeza êh o inicio de uma grande fotografa q vem por aí!

  5. Parabéns pelo post, acho que encontrei alguém tão entusiasta ao lightroom como eu, mas uma dica que dou é, comece a usar a ferramenta de Catálogo, é genial e garante que em breve com o fluxo de trabalho você tenha uma facilidade imensa em achar seu trabalho.

    Além disso, acrescentando ao seu post sobre exportação. O mais incrível da exportação no Lightroom é que você também pode salvar Presets de exportação, eu por exemplo tenho salvos os presets: “blog, site, dvd cliente, original, kawek, flickr” e mais um montão, com isso você já tem as configurações padrão salvas e só precisa se preocupar com algo relativo, se existir.
    hehe

    mas parabéns pelo post, acompanharei.

  6. Uma dúvida:

    É impressão minha ou o LR não tem modos de redução/ampliação como no PS, tipo bicúbica e etc? Porque quando salvo direto em JPEG no tamanho que quero ao final fica meio estranho, aí tenho que exportar no tamanho bruto pra redimensionar no PS… =7

  7. Muito bom esse artigo, parabéns Nina! Gostaria de tirar uma dúvida: Quando exporto minhas fotos, as que eu redimensiono na edição no LR ficam na mesma proporção, porém no tamanho do corte que eu fiz, ou seja algumas ficam bem menores, outras menores com relação as fotos que não foram redimensionadas. Como devo proceder neste caso? Poderia me ajudar?

  8. Olá, tenho uma duvida, quando exporto minhas imagens de RAW para jpeg no lightroom elas não mantém com fidelidade as cores e tons, a jpeg acaba ficando mais quente e amarelada do que no tratamento… o que devo fazer??? salvo sempre em jpeg, 100%, srgb(más ja tentei as outras duas opções),….

    • O mesmo tem acontecido comigo! antes funcionava, mas de uns tempos pra cá, toda vez que eu exporto de RAW pra JPEG, perco o tratamento!!!

  9. Nossa era exatamente isso que estava procurando e quase perdi mts fotos,vc me salvou!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Obrigado!!!!!!!!!!! <3

  10. Meu lightroom tinha a configuração básica para exportação original de fotos (jpg.), mexi nele e a perdi. Gostaria de receber ajuda sobre meu problema.

  11. angela ardenghi

    incrivel a maneira clara como explica parabéns, poderia por favor explicar como faço pra exportar as fotos em tamanhos específicos pra revelar tipo 15×21 30 x 40, pois apenas exportei as fotos em qualidade alta mas nao defini o tamanho quando mandei revelar cortou a foto. eu ate fiz um curso mas esta parte de escolher o tamanho na hora de exportar nao entendi muito bem! obriga

  12. oiiiii, me ajudem, tiro minhas fotos RAW edito e transformo em JPG, mas quando mando para revelar em tamanho grande (80×120, 50×70 +ou – isso) nos sites, diz que a foto não pode ser impressa pq a qualidade é baixa, mas já tentei todos os tamanhos que manda transformar lá, e as fotos da minha camera compacta dá certo? Não sei como resolver e tb as fotos que saem direto em JPG da minha camera DSLR tb não consigo imprimir nesses tamanhos

  13. Boa noite. Tenho uma dúvida que está me deixando preocupado… Migrei meu trabalho do Windows para o Mac. Tenho Lightroom 5 em ambos. Gostaria de transferir as minhas fotos editadas em RAW de um sistema para outro (de um computador pra outro) sem precisar exportar, ou seja, a minha intenção é continuar trabalhando nas imagens, mas agora em outro computador… Isso é possível? Grato.

  14. Parabéns e muito obrigado por essas dicas, eu estava justamente tentando descobrir como fazer isso…eu passava minhas fotos (CR2) para o LR 5, fazia as correções, mas quando voltava para pasta atualizada, minhas fotos vinham no formato JPEG, com uma resolução baixíssima e quando eu enviava para o laboratório elas não tinham qualidade para saírem nem no tamanho 20×25…cara eu tava ficando louco…como pode? ainda vou praticar mais , pois no site do laboratorio ainda aparecem a qualificação “MÉDIA” para as minhas fotos…ou seja se eu quiser fazer uma foto maior não terei condições…tenho que praticar mais, rsrsrsr…se tiver mais dicas e puder me escrever , ficarei agardecido…valeuuuu

  15. parabens nina, ajudou muita gente, me responde uma coisa, vc postava no you tube? zona da fotografia? bjossssssssss

  16. Obrigada por compartilhar, me ajudou muito!!
    Perfeito e simples.

  17. Sandra Godinho

    Boa noite!

    Gostaria de saber se existe uma forma de recuperar fotos que não foram exportadas, mas o arquivo em raw se perdeu, e quando abro o lighitroom as imagens estão lá mas não com a opção exportar… preciso tanto dessas fotos… pensei que todas haviam sido exportadas, quando conferir procurei o arquivo não achei.

    Sandra

  18. Não to conseguindo exporta meus arquivos do LR fica dizendo que não tenho memoria suficiente, mias estou usando um HD externo com 314 GB livre, o que posso fazer?

  19. Juliana Zufferey

    Olá, sou iniciante no LG e estou aqui dando minas cabeçadas….espero que vc possa realmente me ajudar.
    Bom importei minhas fotos, fiz a edição das mesmas, coloquei minha marca d’Água, diminui o tamanho das fotos para serem usadas eletrônicamente e gravei tudo como manda o figurino.
    Só que agora, quero fazer um arquivo com as fotos editadas e em tamanh normal, mas SEM A MARCA DAGUA e não consigo!
    Quando clico nas fotos editadas SEM minha logo e em Exportar, aparece uma caixa de diálogo dizendo:
    Não é possível exportar
    O(s) arquivo(s) de origem está(ão) off-line ou ausente(s).
    O que eu fiz de errado? Como devo proceder? ser que vou ter que fazer toda a edição de novo? SOCOOOORRROOO!
    Obrigada
    Juliana

  20. HUMBERTO SALLER PHOTOS

    Gostaria de saber se há a possibilidade ao exportar uma foto no Lr, fazer com o nome do arquivo apareça na foto. Como uma marca d’agua, ou como titulo

  21. Oi, estou tendo um problema com a renomeação dos arquivos. Escolho o meu nome mais a seqüência original do arquivo, só que ele está colocando a seqüência numerica (1,2,3…) ou coloca a sequencia numerica nas primeiras fotos e em seguida assume a numeracao oficial. Como faço pra corrigir?
    Grata

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>