Home » ARTIGOS » Como Conseguir um Look HDR no Lightroom

Como Conseguir um Look HDR no Lightroom

Header_BeforeandAfterLightroom

Hoje vamos falar de como obter um look HDR no Lightroom. Em baixo está o antes e o depois da foto escolhida para este artigo.

antes_depois

 

A fotografia HDR tem tendência em ser um tópico mais ou menos sensível. Muitas pessoas amam ou odeiam. O propósito de usar o HDR não é criar imagens de aspeto irreal ou aspeto falso, mas simplesmente aumentar a gama dinâmica da imagem. Muitos dos melhores usos do HDR são sutis e podem produzir imagens realistas na mesma.

Em fotografia de paisagens as tecnicas de HDR podem ser especialmente eficazes. Talvez você precise de usar multiplas exposições das sombras projetadas por uma montanha são muito mais escuras do que um céu muito claro. Há inúmeros cenários na fotografia de paisagem onde aumentar a gama dinâmica pode ajudar a imagem.

Há inúmeros programas que ajudam você a mesclar exposições multiplas por forma a criar uma imagem HDR (também pode ser feito no Photoshop e no Lightroom 6, iremos abordar esta questão em um artigo futuro), mas você pode não ter múltiplas exposições de todas as fotos que poderiam beneficiar de um aumento da gama dinânica. O módulo de Revelação do Lightroom tem opções que ajudam você a criar um look HDR em qualquer foto ou imagem, e é isso que vamos falar neste tutorial.

Neste processo vou usar duas fotos onde podemos aplicar as definições que vamos falar. Aqui está a versão ANTES da primeira foto:

Foto_01_antes

 

Esta foto, como podem ver, foi tirada à beira mar, e vemos que há muito detalhe que pode ser realçado. Temos o céu azul cheio de nuvens que estão um pouco tímidas mas, que no fim deste processo, iremos dar-lhes o detalhe que elas merecem.

Vamos então começar.

Vamos começar pelo Tom onde temos as definições Realces, Sombras, Brancos e Pretos, definições estas que servem como fundação para o efeito HDR.

Vamos aplicar então as seguintes definições:

  • Realces -100
  • Sombras +100
  • Brancos -40
  • Preto -70

Estes ajustes têm um impacto dramático nos Realces e nas Sombras e também definem um forte ponto de Pretos na foto, ajudando a dar um aspeto mais forte. Dependendo da foto, você pode ter que alterar estes valores de forma a ficar a seu gosto. Aqui está a foto depois de aplicar as definições:

Foto_01_01

As próximas definições serão relativas à exposição. Irei aumentar a Exposição em +0.50 pontos.

De seguida é a vez da Claridade em que aumento para +100. A Claridade irá aumentar o contraste dos tons médios e dá à foto uma aparência mais acentuada. Depois da exposição e da claridade a foto irá parecer assim:

Foto_01_02

As próximas definições irão incidir sobre o contraste. A primeira definição será mesmo o Contraste que aumentei para +40. De seguida serão a Vibração para o valor de +40 e a Saturação para +8. Neste ponto a foto tem este aspeto:

Foto_01_03

De seguida vou tratar do céu e das nuvens e das ondas em baixo. Você consegue ver que estas duas áreas têm muito detalhe que está escondido, por isso fazer com que esse detalhe possa ser visto. Para isso vou criar dois Filtros Graduados, um no céu e outro em baixo nas ondas. Nas duas imagens a seguir você pode ver as definições que usei nos dois filtros graduados.

FOTO 1 _ 04

FOTO 1 _ 05

 

Aqui está a minha foto depois de aplicar os dois filtros graduados.

IMG_8157-7

Você já consegue ver os detalhes nas nuvens e nas ondas que estavam escondidos.

Em seguida vamos à Nitidez e à Redução de Ruído. Para estes dois campos usei os seguintes valores:

Valores de Nitidez:

  • Intensidade 100
  • Raio 1.5
  • Detalhe 65
  • Máscara 100

E os valores de Redução de Ruído:

  • Luminância 50
  • Detalhe 60
  • Contraste 30
  • Cor 40
  • Detalhe 50
  • Suavidade 50

Por último usei uma pequena Vinheta com o valor de -5.

Aqui está a foto com a edição final:

Foto_01_07

 

Agora, vamos ver outra foto. Nesta foto você consegue ver que o céu ficou sobre exposto, mas seguindo os passos que vimos anteriormente ela irá ficar bem diferente na versão final. Aqui está a versão antes:

IMG_5873

 

Alterando os valores de Tom para:

  • Realces -100
  • Sombras +100
  • Brancos -35
  • Preto -40

Com estes valores a foto fica assim:

IMG_5873-2

 

De seguida alterei o valor da Claridade para +50.

Sigo para o Contraste e altero o valor para +30 e deixo a Exposição como está pois não irá adicionar nada à foto.

A próxima seção é a Vibração e Saturação com os valores de +35 e +15, respetivamente.

Seguindo para a Nitidez e a Redução de Ruído. Os valores da Nitidez são::

  • Intensidade 100
  • Raio 1.5
  • Detalhe 65
  • Máscara 100

E da Redução de Ruído são:

  • Luminância 40
  • Detalhe 50
  • Contraste 70
  • Cor 60
  • Detalhe 80
  • Suavidade 20

Depois destas últimas alterações o resultado final é o seguinte:

IMG_5873-3

Nesta última foto ainda poderíamos fazer muito mais no céu, na matiz e saturação seletiva e também nas sombras mais escuras mas isso fica para um outro artigo.

Conclusão

Espero que você tenha gostado e tenha aprendido alguma coisa e que consiga replicar o que aprendeu em suas próprias fotos de forma a ficarem ainda mais espetaculares.

Até breve

A quem lhe interessar aqui estão as definições usadas neste tutorial em forma de preset do Lightroom. Tenha atenção que as definições podem ter que ser alteradas conforme a foto em que forem usadas.

 

 

2 comments

  1. E possivel utilizar os controles do modulo Revelacao para editar imagens HDR e, em seguida, renderizar as imagens para exportar ou imprimir como imagens de 8 ou 16 bits.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>