Home » ARTIGOS » Dicas, Técnicas & Tutoriais » Como conectar a sua câmera em tempo real com o Lightroom

Como conectar a sua câmera em tempo real com o Lightroom

Header_BeforeandAfterLightroom

O Lightroom é uma ferramenta muito flexível quanto ao gerenciamento de imagens na hora da edição, porém ele também oferece recursos que ajudam você em tempo real na hora de fotografar. Você já deve ter percebido que mesmo com uma boa resolução e tamanho, as telas de LCD da câmera simplesmente não são grandes o suficiente para ter uma noção real de como a fotografia ficou. Felizmente  o Lightroom oferece uma maneira de importar fotografias e revê-las na mesma hora que você clicar. Esta função, chamada de captura vinculada, e é especialmente útil para os fotógrafos de estúdio que não precisam se movimentar muito na hora do ensaio. Essa ferramenta pode ser igualmente útil para fotógrafos de paisagem.

Neste artigo do portal Lightroom Brasil, iremos explicar como fazer essa conexão entre a sua câmera e o software.

1) Quando devo usá-lo?

A melhor hora para usar a Captura Vinculada é quando se trabalha em um ambiente menos ativo. Por exemplo, um estúdio de fotografia ou até mesmo para fotógrafos de paisagem, que tendem a trazer os seus computadores portáteis com eles. No entanto, fotógrafos de casamento, que tendem a se mover o tempo todo essa função em vez de melhorar pode piorar a vida do mesmo. Quem iria querer fotografar um casamento com um cabo USB arrastando pelo salão o tempo todo? Você precisaria de um assistente para carregar o seu laptop junto com você! Em muitas outras situações, a Captura Vinculada pode ser indispensável. E mais, se você tiver suas configurações de Revelação para definir em conformidade, você também pode importar imagens com os seus ajustes favoritos já aplicadas. Em outras palavras, você ve a imagem final, na mesma hora do click, salvando tudo dentro de Lightroom sem a necessidade de importar fotografias manualmente após a sessão.

Em primeiro lugar, você vai precisar de um cabo USB para conectar a câmera ao seu computador. Ligue-o em ambos os dispositivos e ligue sua câmera. Agora, abra o catálogo desejado Lightroom no qual você deseja importar as suas fotografias como você queira capturá-los, e escolha “Iniciar captura vinculada…” a partir Arquivo > menu de captura vinculada.

foto 1

Uma observação: Confira se o Lightroom é compatível com o seu modelo de câmera para realizar uma captura vinculada com sucesso.

Após clicar no modo essa janela pop-up irá abrir:

foto2

Em configurações da Sessão Digite o nome de sua sessão no campo “Nome da sessão”. Mantenha-o simples e facilmente compreensível. Mais adiante, você terá a chance de usar o nome de sessão como nome do arquivo de imagem também. A opção “Segmento Fotos por Assunto” permite agrupar imagens semelhantes em subpastas separadas como você fotografia (por exemplo, por modelo ou constituir). A primeira opção para nomear as subpastas aparece uma vez que você clique em “OK” na janela “Configurações de captura Vinculada”. Para criar uma nova subpasta pressione Ctrl + Shift + T (Windows) ou Command + Shift + T (Mac OS) durante a sessão de captura vinculada.

Configurações de nomeação:

Escolha entre diferentes presets de nomeação, ou crie o seu próprio se quiser. Esta nomenclatura será aplicada a arquivos RAW enquanto eles são salvos no seu computador durante a sessão de clicks vinculados.

Destino:

Escolha onde você quer que suas imagens sejam salvas.

Configurações de informações:

Estas definições irão ajudá-lo a encontrar suas imagens dentro do Lightroom. Especifique palavras-chave, metadados ou uma predefinição no menu drop-down.

foto3

Os controles da janela de captura vinculada Uma vez que você faz o procedimento com todas as configurações vinculada clique em OK e o Lightroom irá prosseguir com a sessão. A janela de Captura Vinculada aparece na tela. É muito pequena e discreta para não desviar a atenção das imagens. Se você gostaria de ocultar a janela, pressione Ctrl + T (Windows) ou Command + T (Mac OS). Use as mesmas teclas para trazê-lo de volta para a frente.

Agora, você pode agora começar a fotografar e as imagens aparecerão na tela em tempo real (isso pode levar alguns segundos, as vezes). Você pode tirar fotos usando um botão de disparo – encontrada em sua câmera ou na janela de Vinculada. Se você quiser rever as Configurações da sessão de novo, tudo que você precisa fazer é selecionar botão Configurações no canto inferior direito da janela de captura Vinculada logo abaixo do botão de fechamento.

foto4

Durante o processo da sua captura vinculada, você pode pré-aplicar qualquer predefinição do Lightroom desejado. Em outras palavras, para salvar certa exposição e ajustes de balanço de branco que possam ser necessárias, você pode avaliar imagens em sua aparência final na mesma hora da captura. Muitas vezes você vai notar que certas definições não podem ser incluídas em uma predefinição específica. Só é uma pena que não se pode selecionar várias predefinições para ser usado na importação. Mesmo assim, usando o modo revelação o menu pop-up permite que você veja a imagem quase que já completamente editada na mesma hora que você fotografou.  Caso você preferira selecionar qual imagem é exibida e não queira que o Lightroom salte para a última imagem captada, vá em Arquivo-> Captura Vinculada e desmarque a opção seleção de avanço automático. Escolha a opção parar captura vinculada para terminar a sessão. Alternativamente, você pode simplesmente fechar a janela de captura vinculada

FOTO 5

Bom galera agora você já sabe como visualizar as suas fotos na tela do computador na mesma hora do click, sem ser enganado pela resolução pequena do visor LCD da sua câmera. Espero que muitos façam o uso dessa ferramenta que está presente em quase todos estúdios profissionais de fotografia. Não esqueçam de curtir e compartilhar com os amigos se tiverem gostado.

Até o próximo tutorial!

21 comments

  1. Muito boa a explicação, pra mim uma grande novidade…
    Mas uma pergunta: é sério que tem q ser por USB e não dá pra usar esse recurso via wi-fi? Decepcionado

    • Karol | Equipe LB

      Marcos, a maneira mais confiável de usar esse recurso ainda é o nosso velho conhecido USB, por isso é mais recomendado para fotografias de estúdio, por exemplo, que não requerem muita movimentação de câmera. Existem alguns softwares que fazem a conexão por wifi, mas são lentos e pouco produtivos e às vezes caros. Há um equipamento chamado Camranger, que dizem funcionar bem. Caso te interesse, você pode ver uma review desse produto neste link aqui, em inglês. :)

  2. FERNANDOLUIZMIRANDA

    Adorei, só ň consegui fazer com q a foto fosse salva também na câmera. Uso uma D7100 Nikon.
    Alguma dica, tks

  3. FERNANDO MIRANDA

    Como salvar também na câmera a foto? Uso uma D7100 Nikon!
    Alguma dica? Tks

  4. Gostaria de saber se transferindo as fotos pelo cabo USB para o computador as fotos não ficam gravadas no cartao de memoria da camera, caso eu queira que permanessam gravadas no cartao vou ter que passa las novamente dps e isso ?

  5. Muito bom, sou fotografo esportivo e como temos que ficar sentados e enviando quase que imediatamente para as agencias foi otimo ter aprendido isto, parabens.

  6. adorei essa explicação, eu gostaria de saber se essa tecnica eu posso montar um free lance de fotos em festas, eu tenho um buffet , queria deixar a camera fixa e o monitor de modo que as pessoas possam ver a imagem, mas para a impressão eu gostaria de incluir uma moldura com o tema da festa.. isso é possível ser feito automaticamente na impressão ou tenho que incluir foto por foto? espero que tenha conseguido me fazer entender.. obrigado.

    • Aconselho usar dois monitores e após editar abri as imagens no Photoshop com uma moldura inserida via bridge para o seu caso.

  7. adorei a pagina.. a unica com uma ótima explicação, gostaria de saber como eu posso fazer para a foto tirada ja ir direto para uma moldura preparada, meu primo vai se casar e eu gostaria de montar um mini studio para os convidados tirarem fotos na hora e eu poder imprimir como lembrança da festa, é possível? ou eu tenho que montar foto por foto na moldura em edição e imprimir?
    obrigado

  8. Sempre utilizo este recurso em estúdio, hoje não teve jeito! Já troquei cabo fiz de tudo e nada de reconhecer a câmera, nem mesmo no EOS Utility.

    Uso uma Cânon 5DMKII no Mac com lightroom 5

    Tem alguma dica?!

    Obrigado!

  9. gostaria de saber onde programo a função (e se tem como) programar pra salvar somente no cartão, e não ficar somente dentro do Lightroom! tenho medo de sobrecarregar o software e perder as fotos

    • Não tem como, ele sempre vai pedir que você insira o cartão de memória para trabalhar com as imagens. O ideal é você copiar para dois HDs – um do Lightroom e outro de Backup e assim você não corre riscos.

  10. rodrigo oliveira

    Tenho uma nikon 3200 e não consegui não reconhece a minha camera …

  11. artur santana

    ola tenho uma canon t5 ela funciona bem com essa configuracao?

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>