Home » ARTIGOS » Dicas, Técnicas & Tutoriais » Como usar corretamente a ferramenta Nitidez

Como usar corretamente a ferramenta Nitidez

Header_BeforeandAfterLightroom

Uma das consequências da revolução digital é que nos tornamos muito mais preocupados com a nitidez.

Isso não quer dizer que os fotógrafos de cinema nunca usam imagens mais suaves, isso simplesmente significa que se tornou muito mais fácil perceber a nitidez com imagens digitais, tanto em imagens recém-tiradas no visor da câmera ou com um zoom 2x na tela do computador.

As expectativas de todos com relação a nitidez parece ter aumentado, por isso não é surpreendente que você queira que suas imagens sejam tão nítidas quanto possível (especialmente se você tiver fotografado em RAW quando a nitidez não é aplicada na câmera).

O risco de usar software para inserir nitidez é que se você não sabe o que está fazendo em vez de “resolver” um problema, você pode criar um muito maior.

Este é um erro de novatos que fará rapidamente suas fotos serem rejeitadas por bibliotecas de ações potenciais ou expulso de competições, então aqui vai um guia rápido para lhe mostrar como não cometer esse erro.

1. Como você pode detectar o excesso de nitidez?

foto 1 foto 2

Nitidez em excesso geralmente se manifesta com espaços entre os pixels ou ao redor de traços com muito contraste. Em outras palavras, o famoso ruído.

Às vezes isso pode facilmente ser visto quando damos zoom na imagem (ou no preview do painel de nitidez), e garanto que pode ser frustrante ver a deterioração de pixels na sua bela imagem.

Outro problema com o excesso de nitidez é que você pode revelar detalhes que não eram desejados – se você aumentar demais o controle deslizante Detalhe no Lightroom, todos os poros no rosto de um modelo podem ser artificialmente reforçados, garanto que o/a modelo não vai gostar.

2 Pondo em prática:

Para um ajuste mais fino, você precisa controlar os controles deslizantes no painel de nitidez. O seletor de Intensidade é auto-explicativo, porém o controle ‘Raio’ um pouco menos. Basicamente, os controles controle deslizante de Raio quantos pixels de cada lado de uma aresta são afiados – a “espessura” da nitidez, em outras palavras, facilmente visíveis nas linhas e bordas com contraste.

FOTO 3

Para obter resultados mais naturais em retratos, mantenha o raio com um valor baixo. Aqui está um bom momento para introduzir a mágica da tecla “alt” – mantenha-o pressionado enquanto você mover o controle deslizante Raio e você pode ver as bordas em sua imagem se tornam mais espessas à medida que aumenta o raio, ou vice-versa.

foto 4

O controle deslizante Detalhe simplesmente permite controlar como e quanto de detalhe será afiado.  Seja suave nessa parte, e mais uma vez, use a tecla Alt que ele vai te mostrar o quanto dos detalhes estão sendo alterados. Pode ser tentador ter o máximo de detalhes possíveis numa imagem, mas tenha muito cuidado para que você não acabar revelando detalhes sobre-afiados.

Masterize a Máscara:

Outra ferramenta essencial aqui é a Máscara, que permite às partes “mascaradas” de uma imagem que você não quer aplicar o efeito de nitidez desnecessariamente – muito útil com um retrato onde você quer apenas ajustar os olhos, ou quando se trabalha em uma imagem com um fundo borrado. Quanto mais o controle deslizante de máscara estiver para a direita mais ele trabalhará em arestas mais grossas e fortes, enquanto um valor de 0 aplica nitidez em toda a imagem.

Pressione a tecla Alt enquanto você move o controle deslizante – as áreas brancas tem nitidez aplicada, enquanto que as áreas pretas são onde nitidez está sendo mascarada.

FOTO 5

Como regra geral, a maioria das imagens digitais beneficiar-se-ão da aplicação de nitidez na pós-produção e os melhores resultados são criadas quando esta é aplicada em uma base imagem-a-imagem de acordo com o assunto. Veja como ficou a que usamos neste tutorial:

foto 6

Nitidez é um tipo de ajuste de contraste que é aplicado à nível de pixel e quando é bem feito ele traz a tona detalhes para melhorar a imagem. O único problema é quando isto é usado exageradamente para que as imagens tenham uma mudança significativa no micro-contraste e espaços são introduzidos em torno das bordas de alto contraste. Ao aplicar a nitidez, preste atenção em áreas de tom uniforme, como céus, bem como áreas com detalhes finos e tente encontrar um equilíbrio entre a aplicar a nitidez as áreas com textura e esconder o ruído e artefactos nas mesmas áreas de tom. Muitas vezes uma boa idéia para aplicar nitidez somado a ferramenta pincel de ajuste, para que você aplique o efeito em partes específicas da imagem como olhos e deixe a pele do rosto intacta. Bom pessoal espero que tenham gostado deste tutorial, não esqueçam de compartilhar nas suas redes sociais se tiverem gostado e até breve!

 

4 comments

  1. Marcio Maisonette

    Olá!

    Neste caso, é necessário fazer o ajuste de nitidez em todas as imagens feitas no formato RAW?

    MMaisonette

    • Karol | Equipe LB

      Marcio, você pode observar suas imagens e ver em quais esse ajuste pode ser mais útil ou não. Você não precisa fazer esse ajuste em todas as imagens, é uma questão pessoal.

  2. Muito boa as dicas, gostei….

  3. Parabéns pelo post! Sou nova com o Lightroom e ajudou demais! Valeu!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>