Home » ARTIGOS » Dicas, Técnicas & Tutoriais » Como tratar uma paisagem com pôr/nascer do sol

Como tratar uma paisagem com pôr/nascer do sol

Header_BeforeandAfterLightroom

Como editar uma paisagem com pôr/nascer do sol.

E aí pessoal tudo bem? Hoje vamos ensinar para você uma aproximação que pode ser feita em fotografias de paisagem onde o sol está de frente para a câmera. Muito útil para fotos em praias e montanhas onde temos o contraste da água com o céu. O ideal aqui é criar várias camadas de cores diferentes para dar profundidade a sua imagem. Na maioria dos casos as pessoas aumentam a temperatura de cor da imagem e já acham que a edição foi concluída mas nem sempre essa opção fica melhor. E muitas vezes que você faz somente isso a foto fica como milhares disponíveis e o ideal para se destacar no mundo da edição/fotografia é fazer algo diferente que surpreenda o espectador.

Bom, sem mais delongas vamos ao que interesse e por a mão na massa!

Veja a imagem abaixo:

FOTO 1

Vejam que temos uma bela imagem e se só fizéssemos poucos ajustes na temperatura conseguiríamos uma bela edição porém vamos começar de outro jeito

A primeira coisa a fazer é ativar as correções de lente e remover o desvio cromático no painel de correções de lente já no modo revelação.

Agora verificaremos o horizonte e caso necessário colocamos ele na posição correta como já mostramos em outros tutoriais.

Agora vamos criar um Filtro Radial e colocá-lo em volta de onde está o sol, pode fazer ele bem grande até onde você quer que a luz do sol esteja iluminando como mostrado abaixo, não esqueça de resetar as configurações do filtro clicando duas vezes em Efeito e clicar depois em “Inverter Máscara” para que os ajustes sejam feitos somente dentro da seleção radial.

FOTO 2

Agora que criamos este Filtro Radial podemos começar a mexer nos parâmetros dele, primeiramente vamos subir a temperatura de cor para + 90 e o controle “colorir” para + 85 também. Diminuímos a exposição para – 1 também para dar mais contraste nas nuvems e na área do sol para não estourar a exposição.

Agora caso você ache bacana e sua foto não tenha uma cor do sol bonita o suficiente podemos clicar na Cor do filtro radial e acrescentar um tom laranja/avermelhado. Nosso painel do Filtro e a imagem ficaram assim:

FOTO 3 FOTO 4

Agora a nossa edição vai começar a se diferenciar e destacar com a criação de camadas com contraste de cores, o primeiro passo a fazer vai ser criar agora um Filtro Graduado para isso só clicar no ícone do Filtro Graduado ou apertar a letra “M” no seu teclado. Criaremos o filtro no céu acima da parte onde colocamos o Filtro Radial e agora vamos fazer mais ou menos o mesmo processo começando resetando as configurações do filtro graduado antes de fazê-lo.

FOTO 5

Como podem ver na imagem, fizemos o oposto com o Filtro Graduado e diminuímos bastante a temperatura até -80 e acrescentamos um pouco de Magenta com o slider Colorir em + 62, e no final achei também bacana acrescentar um pouco de saturação, mas lembre-se de ter cuidado nessa hora para o céu não ficar estranho com o contraste do azul e o laranja.

Nosso próximo passo é criar agora um novo filtro graduado onde iremos trabalhar a parte dabaixo da foto pois o nosso céu já está ok mas a parte de baixo está muito escura e sem nitidez.

O novo filtro virá com os ajustes nos seguintes parâmetros:

FOTO 6

Esse novo filtro vai depender muito da sua imagem, a nossa ficou boa com os ajustes acima e agora ja temos um equilírio de exposição na imagem. Abaixamos também a temperatura e acrescentamos um pouco de verde para ressaltar mais ainda a cor da vegetação, adicionamos um pouco de claridade para dar nitidez as árvores e agora podemos ir para o próximo passo. Veja antes como está a nossa imagem até o momento:

FOTO 7

Agora os toques finais, uma dica quente que aprendi é criar um pincel de ajuste com os seguintes parâmetros:

FOTO 8

Com esse pincel vamos dar um zoom e pintar onde queremos ressaltar reflexos na água, nas bordas onde ela chega na areia e em alguns pontos de relfexo, porém nessa imagem eu vou pintar quase todo o rio pois ele está muito distante e pequeno.

FOTO 9

Usem o fluxo do seu pincel para controlar o tanto de reflexo aplicado para não deixar estranho. Depois é só clicar em OK e iremos para os ajustes finais da imagem com os ajustes básicos. Aqui deixo a seu critério pois não tem muito mais o que fazer, acrescentei um pouco de claridade e ajustei os níveis de realces e sombras e apliquei Nitidez e remoção de ruído bem de leve só para otimizar a imagem para exportar.

O resultado final foi esse:

FOTO 10

Lembrem-se que todas as etapas e parâmetros são apenas ponto de partida e alguns podem ser diferentes para a sua imagem, porém acho que deu para explicar legal este tipo de edição e como ela pode deixar a sua foto estonteante.

Aqui quem fala é o Caio Carvalho do Lightroom Brasil e espero que tenham gostado de mais este tutorial. Dê aquele joinha e compartilhe se tiver gostado. Até a próxima!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>