Home » ARTIGOS » Dicas, Técnicas & Tutoriais » Dicas Para Fotografia Documental de Viagem

Dicas Para Fotografia Documental de Viagem

Header_BeforeandAfterLightroom

A fotografia de viagem documental tem representado um grande fascínio para mim. O simples ato de fotografar pessoas e lugares para documentar momentos espontâneos e as imperfeições associadas a ela dá a essa fotografia, e o fotógrafo, a sensação de ser autêntico, real e livre para exercer sua liberdade criativa.

Oficialmente, a fotografia de estilo documentário tem muitas definições técnicas. De acordo com a Wikipedia, o estilo documentário da fotografia é usado para eventos e ambientes em um estado natural, como o fotojornalismo. Gosto de pensar em um estilo documental de fotografia como o abandono das minhas inibições e noções preconcebidas de perfeição. Que eu documento pessoas e lugares em seu ambiente natural.

Aqui vai então algumas dicas para tirar fotos de fotos de estilo documentário

1 – Esteja presente no momento

Estar presente em cada momento de cada dia é uma aula de vida que todos podemos nos beneficiar. Não se aplica apenas a fotografia de viagem. Grandes momentos que valem ser vividos e eternizados acontecem todos os dias ao nosso redor, e não apenas com os nossos clientes, mas também para nós mesmos para que possamos viver uma vida mais rica e plena.

Observar pessoas é um ótimo exercício para treinar seu olho para realmente pegar o que é incomum e exclusivo num lugar. Treinar sua mente para realmente viver a vida no momento e não se preocupar com todas as outras distrações, também irá ajudá-lo a “ver” o que está ao seu redor. Na maioria das vezes, você provavelmente viaja com uma agenda e cronograma muito apertados. Assim que você chega ao seu destino, você já está mentalmente preparado para ir para a próxima parada. Em vez disso, tente planejar uma única excursão por um dia e realmente se concentrar em aprender e experimentar esse lugar ou atividade antes de seguir em frente.

2 – Seja atento ao seu entorno

A vida está acontecendo ao seu redor o tempo todo. Pessoas interagindo entre si, pessoas que interagem com a natureza, a natureza colocando um grande show durante o nascer do sol, pôr-do-sol, ou mesmo durante uma tempestade. Mas não espere por uma noção preconcebida do momento perfeito para pegar a câmera e tirar uma foto.

Ao mesmo tempo, não veja o mundo simplesmente através do seu viewfinder. Observe a cena, antecipe o click que você realmente deseja e esteja pronto para fazê-lo.

3 – Seja real sobre seus objetivos de fotografia de viagem

Uma citação de viagem muito famosa diz: “Não viajamos para escapar da vida, mas para que a vida não nos escape”.

Seja real sobre por que você viaja e o que deseja ganhar de cada experiência de viagem. Se você está viajando para um mercado e quer obter uma verdadeira sensação de estilos de vida e costumes locais, então procure por cenas que ocorrem naturalmente. Não procure pessoas que você possa colocar ou palco para obter o seu click.

4 – Esteja ciente da sua arte e seu equipamento

A embalagem para qualquer tipo de viagem é uma arte em si, especialmente se você está indo por um longo período de tempo. A fotografia documental de viagens de estilo exige uma mentalidade ligeiramente diferente em termos de arte do que dizer, talvez fotografia de vida selvagem ou retrato.

Acho que, para a fotografia de viagens de estilo documental, uma lente de zoom como a distância focal de ângulo ultra-largo como a Canon 16-35mm f / 4 ou uma como a Canon 24-70mm f / 2.8 funciona bem para mim. Enquanto uma lente rápida é ideal, não costumo fotografar com uma abertura inferior a f / 4 ou f / 5.6. As vezes uma 105mm F2.0 fixa gera lindas fotos em que vc pode estar distante do sujeito e mesmo assim captar um bom retrato.

170914153240_22-idomeni-camps

5 – fique confiante em suas habilidades

A fotografia de estilo documentário geralmente é bastante rápida. Você está tentando capturar uma cena, pois está ali na sua frente. Você realmente não tem tempo ou a oportunidade de voltar a compor o tiro e depois clicar no obturador.

No entanto, isso não significa que você tenha que disparar apenas no máximo de fps (quadros por segundo) que sua câmera pode manipular e, em seguida, escolha o melhor do lote no pós-processamento. Em vez disso, use suas habilidades técnicas e artísticas para ler a cena, analisar a luz, avaliar as configurações corretas da câmera, imaginar o resultado, antecipar o click e depois tirar a foto. Ah, a propósito, tenha em mente que você provavelmente não conseguirá refazê-lo se errar…

Conclusão:

Espero que essas dicas passem um pouco do amor gerado e vivido pela fotografia de estilo documentário. Este estilo de fotografia tem seu próprio charme. Mesmo que pareça ser altamente não planejado e aleatório, também é uma boa combinação de planejamento e autenticidade cuidadosamente antecipados. Experimente a próxima vez que você viajar e me avise como é que você se saiu nas suas fotografias de documentário… 

Aqui quem fala é o Caio Carvalho do Lightroom Brasil e desejo a todos ótimas viagens e clicks sensacionais durante elas, até o próximo artigo!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>